25.5 C
Brasília
sexta-feira, 01/03/2024
- Patrocinado -
InícioSamambaiaCaesb Inicia Pesquisa de Vazamentos Invisíveis em Samambaia para Preservação da Água

Caesb Inicia Pesquisa de Vazamentos Invisíveis em Samambaia para Preservação da Água

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) está empenhada em preservar o precioso recurso hídrico por meio de uma iniciativa pioneira em Samambaia. O projeto visa identificar vazamentos não visíveis nas redes de distribuição, promovendo a eficiência no uso da água.

Olhar Atento para Detecção Invisível

Ao longo dos próximos meses, especialistas da Caesb estarão percorrendo as quadras estratégicas de Samambaia, como QR 208, QR 210; QR 315, QR 327; QR 402, QR 404, QR 406, QR 408, QR 410, QR 414; QR 502, QR 504, QR 506, QR 508, QR 510, QR 511, QR 512, QR 513, QR 514, QR 516; QR 602, QR 603, QR 613, QR 615 e QR 617. Nessa missão de zelar pela água, os técnicos altamente capacitados conduzirão inspeções minuciosas, com foco na identificação de vazamentos ocultos.

Ação Proativa para Conservação

Durante as vistorias, a equipe de profissionais realizará uma avaliação detalhada do sistema de distribuição de água, visando a detecção precisa de vazamentos invisíveis nas tubulações. Quando necessário, intervenções serão realizadas para reparar ou substituir os ramais prediais afetados. Além disso, a Caesb se compromete a restaurar as superfícies afetadas, incluindo calçadas, asfalto e outras estruturas.

Foco na Preservação da Água

O superintendente de Operação e Manutenção de Redes Oeste-Sul da Caesb, Mauro Laerte Dantas, compartilha a importância desse empenho. Segundo ele, “Estamos trabalhando incansavelmente desde maio deste ano para identificar e resolver vazamentos invisíveis no sistema de distribuição de água. Essa iniciativa é fundamental para minimizar perdas e evitar o desperdício de um recurso tão valioso.”

Participação Essencial da Comunidade

Para o sucesso dessa iniciativa, a colaboração dos moradores é fundamental. Eventualmente, os técnicos podem precisar acessar as residências para inspecionar hidrômetros e cavaletes. Durante essas visitas, os profissionais estarão devidamente uniformizados e com identificação, incluindo crachá e documentos oficiais. Caso os moradores não estejam disponíveis, um aviso será deixado com instruções para agendar uma nova visita.

Informações e Contato

Detalhes adicionais estão disponíveis no site oficial da Caesb. Para esclarecimentos ou informações, a população pode entrar em contato com a Central de Atendimento pelo número 115, ou visitar os escritórios de atendimento e postos do Na Hora. Juntos, podemos garantir a preservação desse recurso vital: a água.

Glauber Erick
Glauber Erickhttps://glaubererick.com.br
Comunicação e Marketing, Jornalista, Assessoria de Imprensa e Produção Audiovisual.
NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

Últimas Notícias