20.5 C
Brasília
terça-feira, 05/03/2024
- Patrocinado -
InícioDestaquesMulher que matou companheiro com facada em Samambaia alegou que sofria violência...

Mulher que matou companheiro com facada em Samambaia alegou que sofria violência doméstica

A mulher de 30 anos acusada de matar o companheiro, de 33, esfaqueado na madrugada do último sábado (1º/7), na QR 321 de Samambaia, se apresentou à polícia. Em depoimento prestado por mais de duas horas, ela alegou ter cometido o homicídio em legítima defesa.

No relato, a mulher informou que era agredida constantemente pelo homem, com quem mantinha relacionamento há, pelo menos, cinco anos. “Alegou que era vítima de violência doméstica e que sofria ameaças constantes do seu companheiro, que inclusive portava arma de fogo”, disse a advogada Maya Maria.

“O homicídio ocorreu depois de uma briga do casal. O homem foi até a cozinha e pegou uma faca. Em luta corporal, a mulher, na intenção de proteger-se, acabou ferindo o homem no lado direito do peito. Acreditando que tratava-se de um ferimento superficial, a suspeita aguardou a chegada do Samu, mas a vítima veio a óbito”, completa a defensora.

Por não estar mais em situação de flagrante, a mulher foi ouvida e liberada. “A acusada não é considerada foragida da Justiça, pois ela se apresentou espontaneamente e agora aguardará o julgamento em liberdade”, destaca a advogada.

“O homicídio ocorreu depois de uma briga do casal. O homem foi até a cozinha e pegou uma faca. Em luta corporal, a mulher, na intenção de proteger-se, acabou ferindo o homem no lado direito do peito. Acreditando que tratava-se de um ferimento superficial, a suspeita aguardou a chegada do Samu, mas a vítima veio a óbito”, completa a defensora.

Por não estar mais em situação de flagrante, a mulher foi ouvida e liberada. “A acusada não é considerada foragida da Justiça, pois ela se apresentou espontaneamente e agora aguardará o julgamento em liberdade”, destaca a advogada.

Chegada do Samu
Segundo informações da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), o crime teria sido cometido na residência onde o casal morava. A Polícia Militar do DF chegou a ser acionada por volta das 5h30 de sábado. Quando os militares chegaram, equipes do Samu tentavam reanimar a vítima, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

A equipe de plantão da PCDF esteve no endereço e iniciou investigações para tentar localizar a suspeita do crime, mas sem sucesso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

Últimas Notícias