20.5 C
Brasília
sábado, 02/03/2024
- Patrocinado -
InícioDistrito FederalPaquistanês bêbado que matou motociclista na Ceilândia vira réu por homicídio

Paquistanês bêbado que matou motociclista na Ceilândia vira réu por homicídio

O empresário paquistanês Wasim Aftab Malik, 46, virou réu por matar atropelado Gilvane Cassemiro Pereira, aos 52 anos, e deixar Gustavo da Silva Santiago, 28, ferido. A tragédia aconteceu no cruzamento da Fundação Bradesco, entre a Avenida Hélio Prates e a QNN 27, em Ceilândia, em agosto do ano passado.

À época, o Departamento de Trânsito (Detran-DF) realizou o exame de bafômetro e constatou a embriaguez ao volante. Malik chegou a ser preso, passou por audiência de custódia e recebeu liberdade provisória no dia seguinte ao acidente. A soltura foi decretada mediante pagamento de fiança de R$ 70 mil.

Atualmente, ele encontra-se proibido de sair do país devido as medidas cautelares impostas pela Justiça.

Memória

Vários pedestres registraram o momento logo após o acidente. Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), o motorista estava bêbado. E, no interior do veículo, foram encontradas garrafas de bebida alcoólica vazias.

Pelas imagens, é possível ver o motorista com sinais de embriaguez e sem reação após o acidente. Uma das testemunhas diz que ele tirou a vida de uma pessoa, enquanto outra o xinga de “desgraçado” e outros palavrões. Wasim não responde e olha, desnorteado, para a multidão ao lado do carro.

Em uma das gravações, ele chega a pedir desculpas depois de perguntar se as pessoas ao redor seriam brasileiras. Enquanto, em outra imagem, ele toma um tapa de um dos presentes. Os motociclistas teriam sido atingidos enquanto aguardavam o semáforo ficar verde.

Ainda segundo relatos, as duas motocicletas foram arrastadas pelo veículo de Wasim por alguns metros na via. Com o impacto da batida, uma das motocicletas ficou partida ao meio.

Fonte Metrópoles DF

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

Últimas Notícias