23.5 C
Brasília
domingo, 14/07/2024
- Patrocinado -bar do GG
InícioDestaquesSamambaia: homem que matou ex com 47 facadas é condenado a 31...

Samambaia: homem que matou ex com 47 facadas é condenado a 31 anos de prisão

O Tribunal do Júri de Samambaia condenou Reriton Gomes (foto em destaque), de 38 anos, a 31 anos e seis meses de prisão por matar a ex-companheira Gabriela Bispo de Jesus, 33, com 47 facadas na frente do próprio filho.Durante o julgamento, os jurados acolheram a denúncia do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) e afirmaram que o réu praticou um crime de feminicídio em contexto de violência doméstica e familiar, por motivo torpe.

Para o juiz presidente do Júri, o fato de o crime ter sido cometido no interior da residência da vítima, em 9 de maio de 2023, demonstra a atitude covarde do réu em atentar contra a vida da mulher no local que deveria representar um ambiente seguro.

Além disso, segundo o magistrado, houve quebra de confiança, pois, de acordo com o depoimento em juízo de uma testemunha, a vítima não acreditava que o réu fosse capaz de tentar matá-la.De acordo com o magistrado, as consequências do crime são graves, uma vez que a vítima deixou um filho autista de 3 anos de idade.“

A orfandade de uma criança, em tão tenra idade e com diagnóstico que exige amplos cuidados, é capaz de originar traumas irreparáveis e devastadores no desenvolvimento de um indivíduo, principalmente por se tratar de uma criança do espectro autista”, ressaltou o magistrado.

O juiz ainda destacou que, segundo testemunha ouvida em plenário, a criança dependia muito dos cuidados da mulher, pois, em razão da condição, “o menor não falava, de modo que era a mãe, segundo a testemunha, que ‘adivinhava o que a criança queria’ para atender às suas necessidades”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

Últimas Notícias