19.5 C
Brasília
domingo, 14/07/2024
- Patrocinado -bar do GG
InícioDistrito FederalVendedora da Centauro acusa cliente negra de furtar roupa e é demitida

Vendedora da Centauro acusa cliente negra de furtar roupa e é demitida

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) investiga um caso de racismo ocorrido no interior de uma das lojas de material esportivo Centauro, no Distrito Federal. A fisioterapeuta Camylla Alvino, de 33 anos, foi acusada de furtar peças de roupa por uma funcionária do estabeleciemento. A Polícia Militar foi acionada e chegou a revistar a bolsa da cliente, mas nada foi encontrado.

Humilhada, Camylla registrou ocorrência na 9ª Delegacia de Polícia (Lago Norte). Segundo relatos da vítima, ela foi até a loja nessa nesta sexta-feira (1º/12) e experimentou um top. Indecisa sobre a compra, pediu para a vendedora reservar enquanto comparava preços em outra loja.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

Últimas Notícias