25.5 C
Brasília
sexta-feira, 01/03/2024
- Patrocinado -
InícioDistrito FederalCom multa já em R$ 5,7 milhões, greve dos professores chega à...

Com multa já em R$ 5,7 milhões, greve dos professores chega à 3ª semana

Nesta semana, mais especificamente na terça-feira (23/5), a greve dos professores da rede pública do Distrito Federal completará 20 dias. A expectativa é para a reunião da categoria com o GDF marcada para quarta (24/5) — por um lado, o Executivo avisou que não fará nova proposta; por outro, os educadores não aceitaram voltar com as condições apresentadas pelo governo.

Caso a situação não seja resolvida esta semana, a greve corre o risco de ultrapassar a duração da última paralisação dos professores — que ficaram 27 dias longe das salas de aula em 2018. Por esse movimento, a categoria deve cerca de R$ 3 milhões de multa ao GDF.

Este ano, os docentes entraram em greve em 4 de maio. As principais cobranças da categoria são salários melhores e reestruturação da carreira de magistério público, com incorporação de gratificação.

Na última semana, o GDF ofereceu a incorporação da Gratificação de Atividade Pedagógica (Gaped) à remuneração de profissionais da ativa, aposentados e pensionistas.

O benefício seria pago em seis parcelas, até 2026: uma a cada semestre, a partir de 2024. O impacto total da incorporação seria de R$ 676 milhões aos cofres públicos. Outros benefícios, com impacto aproximado de R$ 10 milhões, também foram apresentados na mesa de negociação. Porém, a categoria considerou que a proposta era “insuficiente”.

Sindicato dos Professores (Sinpro-DF)chegou a recorrer da decisão, mas o agravo ainda não foi julgado. Assim, até o momento, a multa da categoria já chega a R$ 5,7 milhões.

Na decisão, que tem força de mandado, o magistrado também autoriza o corte do ponto dos servidores a partir da ciência da decisão e em caso de descumprimento da ordem.

Fonte Metropoles

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

Últimas Notícias