24.5 C
Brasília
sábado, 15/06/2024
- Patrocinado -bar do GG
InícioSamambaiaFamília procura por morador de Samambaia que desapareceu após atendimento em Upa...

Família procura por morador de Samambaia que desapareceu após atendimento em Upa do Recanto das Emas

Após adentrar uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no Recanto das Emas, na madrugada do dia 15 de fevereiro, Jedeon Souza do Santos, 46 anos, desapareceu. Ele foi conduzido à unidade pelo SAMU, com queixas de convulsões graves e, estava acompanhado de seu pai, Joel Moreira dos Santos. Ao chegarem no local, depois do encaminhamento de Jedeon para a Ala Vermelha da unidade, Joel foi informado de que não poderia permanecer no local com o filho, então foi para casa.

Ainda durante a madrugada, o serviço de atendimento administrativo da UPA do Recanto da Emas telefonou para a namorada de Jedeon, que logo entrou em contato com o pai do rapaz e informou que o mesmo havia desaparecido da Unidade de Saúde, conforme havia sido informada pelo serviço de atendimento.

De pronto, Joel foi à Unidade, onde obteve informações contraditórias sobre o paradeiro de seu filho. Assustado, no mesmo dia do ocorrido, já no final da manhã, o pai de Jedeon compareceu à 27ª Delegacia de Polícia, do Recanto das Emas, para prestar queixa em decorrência do desaparecimento súbito do filho.

Contradições

“Houve muita contradição nas pessoas que nos atenderam ( enfermeira, assistente social e guarda) com o que foi passado por telefone. Recebemos uma ligação dizendo que meu irmão estava agitado e tentando fugir, o que não foi confirmado até agora”, disse Leandro Moreira, irmão de Jedeon.

Já se passaram mais de quinze dias e, até agora, a polícia não tem indício de onde o homem pode estar. “Meu pai tem sido a pessoa que está acompanhando tudo de perto”, diz Leandro, sobre o esforço que o pai tem feito em procurar pistas do filho desaparecido. De acordo com o que Leandro informou, desde a data do desaparecimento do irmão até agora, Joel foi à delegacia três vezes na tentativa de fazer com que as investigações fossem acelaradas. O último contato de Joel dos Santos com com a Polícia Civil foi há dois dias.

“Após entrar com um pedido ao MP e à Defensoria Pública, foi mais uma vez à delegacia para solicitar as câmeras, mas não houve uma resposta positiva do agente que o atendeu, alegando que tais imagens não seriam fundamentais para descobrir o desaparecimento do meu irmão”, disse Leandro, que está aflito com o desaparecimento do irmão e ao mesmo tempo, indignado com a lentidão da Delegacia na qual o ocorrido foi relatado.

De acordo com familiares, Jedeon fazia tratamento contra depressão e alcoolismo em uma unidade do CAPS na Samambaia, mas nunca apresentou risco e sempre trabalhou normalmente. A família segue em busca de uma resposta e de maiores informações sobre Jedeon. Em caso de maiores informações, é possível ligar para o 190 ou 197, ou para os números de telefone informados abaixo:

(61) 98518-6039
(61)99529-6792
(61)98441-7674.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Últimas Notícias