15.5 C
Brasília
sexta-feira, 12/07/2024
- Patrocinado -bar do GG
InícioDestaquesHomem que atropelou e matou morador de samambaia é conhecido por ser...

Homem que atropelou e matou morador de samambaia é conhecido por ser receptador no DF

Testemunhas que presenciaram o atropelamento fatal do morador de Samambaia e militar Marcos Lucena de Oliveira, 44 anos, na BR-060, na manhã do último domingo (26/3), foram categóricas em reconhecer João Vitor Gomes Monteiro (foto em destaque), 28, como o condutor do veículo que fugiu sem prestar socorro. O suspeito também figura como autor em outras ocorrências policiais, a maioria como receptador de objetos roubados.

Em ocorrências registradas nas delegacias da cidade, como na 15ª DP (Ceilândia Centro) e na 5ª DP (Área Central), o suspeito de matar o sargento da Força Aérea Brasileira (FAB) aparece como envolvido com a receptação de iPhones de origem ilícita. Em pelo menos três casos apurados pela PCDF, João Vitor figura como autor nos casos em que compra ou vende aparelhos que haviam sido furtados ou roubados.

Em todos as apurações, o suspeito assinou Termo Circunstanciado (TC) relacionados a crimes de menor potencial ofensivo e acabou liberado para responder em liberdade. Em um deles, o suspeito vendeu um iPhone 11 que havia sido roubado durante um assalto a ônibus. Após um ano, a polícia chegou até a pessoa que havia comprado o telefone acreditando que o aparelho teria procedência.

O Metrópoles apurou que a vítima pedalava com a mulher perto do Engenho das Lajes, no Entorno do Distrito Federal, quando um Chevrolet Cruze preto a atingiu. O motorista chegou a descer do carro e sugerir levar o militar, que era segundo-sargento FAB, a um hospital. O condutor do veículo, porém, fugiu quando a mulher de Oliveira pediu que ele aguardasse a polícia e o socorro.

Uma testemunha chamou o Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF), que tentou, sem sucesso, reanimar a vítima. O óbito foi constatado no local. O carro conduzido por João Vitor pertence, na verdade, a uma pessoa que está fora do país. A 20ª Delegacia de Polícia, no Gama, investiga o caso.

Fonte Metrópoles

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

Últimas Notícias