23.5 C
Brasília
domingo, 14/07/2024
- Patrocinado -bar do GG
InícioDistrito FederalUnB Inova: Processo Seletivo Exclusivo para Idosos Eleva Compromisso com Envelhecer Saudável

UnB Inova: Processo Seletivo Exclusivo para Idosos Eleva Compromisso com Envelhecer Saudável

A Universidade de Brasília (UnB) anunciou a abertura de um inovador processo seletivo destinado exclusivamente a pessoas com 60 anos ou mais, como parte de sua abrangente política de valorização da terceira idade na sociedade. A instituição reforça seu compromisso com a implementação da Política do Envelhecer Saudável, Participativo e Cidadão (Pespc), destacando o vestibular exclusivo como uma das medidas emblemáticas dessa iniciativa.

A decisão foi divulgada após a realização de uma reunião da Câmara de Direitos Humanos (CDH) da universidade, que destacou três pilares para promover o bem-estar da terceira idade. Estes incluem a criação de atividades, ações, projetos e programas que promovam a inclusão, valorização e respeito à dignidade das pessoas idosas; o combate ao etarismo, entendido como o preconceito baseado na idade; e a defesa do envelhecer como um direito fundamental.

Dentro dos compromissos assumidos pela UnB, destaca-se a realização do processo seletivo direcionado a pessoas idosas, com 60 anos ou mais, visando o ingresso nos cursos de graduação oferecidos pela instituição. Detalhes como datas, número de vagas e cursos contemplados serão divulgados em breve, reforçando o compromisso da universidade com a transparência e a equidade.

A reitora da UnB, Márcia Abrahão, indicou que a primeira etapa do processo seletivo, uma redação, está prevista para o 1º semestre de 2024. “Para que as ações da política se concretizem, é fundamental o engajamento e a colaboração da comunidade”, ressaltou.

A Política do Envelhecer Saudável, Participativo e Cidadão foi estabelecida pela UnB em fevereiro de 2023, quando a Comissão de Direitos Humanos da instituição aprovou um documento delineando as diretrizes para “preparar as gerações para o envelhecimento saudável, participativo, digno e cidadão”. O documento propõe medidas que valorizem os idosos, reconhecendo seus conhecimentos, memórias e contribuições para a universidade, com o objetivo de ampliar sua participação como estudantes e membros de equipes de pesquisa e extensão.

A necessidade dessa política é evidenciada pelo cenário social de transição demográfica, onde, de acordo com dados da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), em 2030, estima-se que haverá aproximadamente 565 mil pessoas idosas no Distrito Federal. A UnB reforça seu papel proativo na construção de uma sociedade mais inclusiva e consciente do envelhecimento, comprometendo-se a criar oportunidades significativas para a população idosa na busca do conhecimento e do desenvolvimento pessoal.

Glauber Erick
Glauber Erickhttps://glaubererick.com.br
Comunicação e Marketing, Jornalista, Assessoria de Imprensa e Produção Audiovisual.
NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

Últimas Notícias