19.5 C
Brasília
quinta-feira, 30/05/2024
- Patrocinado -bar do GG
InícioDistrito FederalPolícia Militar do DF confirma implementação de câmeras corporais

Polícia Militar do DF confirma implementação de câmeras corporais

Em uma audiência pública realizada pela Câmara Legislativa nesta sexta-feira (23), a Polícia Militar do Distrito Federal confirmou a implementação de câmeras corporais nos policiais ainda neste ano. O debate foi proposto pelos deputados Fábio Félix e Max Maciel e contou com a participação de representantes da sociedade civil, promotores, defensores públicos e policiais.

A audiência foi motivada pela apresentação do projeto de lei 2336/2021, de autoria do deputado Fábio Félix, que propõe a instalação das câmeras nos uniformes dos policiais civis e militares, bem como em suas viaturas. O objetivo do projeto é garantir a produção de provas, a segurança nas abordagens policiais, a avaliação dessas abordagens, a verificação do uso da força e a preservação da integridade física de pessoas e do patrimônio.

O projeto se inspira em uma iniciativa semelhante já adotada no estado de São Paulo, onde a Polícia Militar trabalha com câmeras corporais. Segundo Fábio Félix, essa iniciativa resultou em uma redução de quase 80% na letalidade. O projeto também visa combater a violência policial, que tem sido denunciada em várias localidades do Distrito Federal.

Durante a audiência, foram discutidas as vantagens da adoção das câmeras corporais para a sociedade. Segundo o deputado Max Maciel, as câmeras proporcionam um maior conhecimento sobre como se comportar durante abordagens policiais, possibilitando ao cidadão recorrer contra casos de violência policial e ao policial recorrer contra desacatos.

A implementação das câmeras corporais também foi defendida por especialistas, defensores públicos e promotores de Justiça, que ressaltaram o papel das imagens como elementos de convicção nos processos e para o controle externo da atividade policial. Além disso, destacou-se a importância da guarda das imagens por órgãos externos à polícia e da utilização das câmeras para preservar a segurança tanto dos policiais quanto da sociedade.

O subcomandante-geral da Polícia Militar do DF, coronel Adão Teixeira de Macedo, confirmou durante a audiência que a corporação já está planejando a implementação das câmeras corporais, com previsão para o segundo semestre deste ano. Inicialmente, serão instaladas 300 câmeras em uma unidade piloto no 1° comando regional, na área central, com a expectativa de expansão para outras regiões do DF.

A audiência pública resultou na programação de uma reunião com as forças de segurança para aprimorar o projeto de lei em tramitação na Câmara Legislativa. A adoção das câmeras corporais é vista como uma medida importante para aprimorar a conduta policial, garantir a transparência e fortalecer a confiança da sociedade na atuação das forças de segurança.

Glauber Erick
Glauber Erickhttps://glaubererick.com.br
Comunicação e Marketing, Jornalista, Assessoria de Imprensa e Produção Audiovisual.
NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

Últimas Notícias